Anel Intra Estromal

A cirurgia para implante do Anel de Intra Estromal é um tratamento para o ceratocone, principalmente indicado quando as lentes de contato não são adequadas para o caso. O Anel Intra Estromal Corneano, como também é conhecido, é composto por dois semicírculos de 5 milímetros de diâmetro feitos de acrílico rígido, ao qual o organismo humano tolera. Sua função é, a partir do momento que está no interior da córnea, alterar sua curvatura melhorando a acuidade visual do paciente e demais sintomas do ceratocone. Importante a orientação médica quanto aos resultados e prognósticos que, apesar dos avanços tecnológicos, são imprevisíveis. Dependem da bioelasticidade da córnea o que é individual de cada pessoa.

Para realizar o procedimento utiliza-se colírio anestésico local, e com laser, é feita a abertura para a implantação do anel, que é centralizado depois de implantado. No pós-operatório é utilizada uma lente de contato terapêutica para auxiliar na recuperação, mas é retirada depois de uma semana. Colírios antibióticos e anti-inflamatórios também devem ser usados conforme orientação médica. No primeiro mês do pós-cirúrgico alguns cuidados devem ser tomados como por exemplo, evitar o uso de saunas, banho de mar e piscina e também coçar os olhos. A recuperação completa leva de três a seis meses, mas três dias após a cirurgia o paciente já pode voltar às atividades rotineiras. Não é necessário o uso de oclusores e tampões nem no pré ou no pós-operatório.

Pré-Operatório:

download

– Chegar com 1 hora de antecedência;
– Ir com um acompanhante;
– Levar os resultados dos exames pré-operatórios solicitados pelo oftalmologista;
– Levar os Termos de Esclarecimento, Ciência e Consentimento assinados;
– Caso faça uso de lentes de contato, as mesmas devem ser retiradas conforme orientação médica;
– Não usar maquiagem ou perfume no dia do procedimento.

Na semana da cirurgia, caso esteja gripado, resfriado, com febre ou tosse, entre em contato para reagendar a cirurgia.

Pós-operatório:

O Oftalmologista informará sobre:

– Prescrição médica referente ao uso dos colírios, medicamentos, protetores;
– Retorno para avaliação e/ou para retirar do curativo;
– Necessidade de atestado médico;
– Sobre a recuperação visual;
– Cuidados necessários no pós-operatório, como: atividades físicas, atividades do dia-a-dia, dirigir, entre outras.

Em caso de desconforto visual como: dor, ardência, lacrimejamento, secreção entrar em contato com o oftalmologista para dúvidas.

ESTRUTURA DO CDOP

No CDOP utilizamos o O Excimer Laser Schwind Amaris, equipamento de última geração que utiliza pulsos de laser direcionados e precisos. Considerada uma cirurgia rápida, que direcionados e precisos. Considerada uma cirurgia rápida, que apenas alguns segundos. É um procedimento moderno, que proporciona para o paciente Independência total ou parcial no uso dos óculos.

CONTEÚDOS RELACIONADOS